Sábado, 25 de Maio de 2013
Aumentam os pedidos de microcrédito para o sector agrícola

É menor o número de pedidos de microcrédito aceite, mas há sectores por explorar. A Renascença foi ainda conhecer o caso de uma empresa que conseguiu vingar com a ajuda do microcrédito.

O comércio lidera a tabela, mas os pedidos de microcréditos na área da agricultura estão a dar o salto. 

“Agricultura biológica ou projectos na área de apicultura”, refere à Renascença o gestor operacional da Associação de Microcrédito, Edgar Sousa. 

Dos que se conseguem materializar, 60% mantêm-se depois de quatro anos no terreno, “o que é um valor bom, quando, ao nível geral, mais de 50% das empresas fecham ao fim de três anos”, indica o responsável. 

Em média, são criados 1,5 postos de trabalho no sector agrícola, que ainda tem muito para crescer em Portugal. 

“Podíamos ter mais investimento nesta área, se houvesse conhecimento de que esta alternativa está disponível”, considera Edgar Sousa. 


Menos pedidos aceites 
2013 está a ser difícil também para o microcrédito. O volume de processos aceites está a diminuir, apesar de se manter estável o número de pedidos. As dificuldades económicas afectam quem pede e quem financia. 

“O nível de pedidos continua a manter-se, mas as pessoas chegam-nos com mais dificuldades, porque os fiadores também estão com dificuldades”, indica o presidente da Associação de Microcrédito. 

Todos os meses, dos 200 candidatos ao microcrédito, cerca de 20 têm aceitação por parte dos bancos. Acontece assim desde Maio de 2012. 

É no Norte do país que está a maior parte dos projectos e são as mulheres, na casa dos 20/30 anos, que mais pedem apoio. 

Apesar da tendência, Edgar Sousa acredita que 2014 pode ser um ano de viragem. 


“As pessoas precisam começar a preocupar-se com o auto-emprego” 
Com um ano de existência, a Accountlife actua na gestão e análise de mercados e recorreu ao microcrédito. Agora com dois trabalhadores, esta empresa do Porto está a conseguir fazer face ao mercado. 

À Renascença, Admar Lima, formado em Gestão e proprietário do negócio, refere que o essencial é saber em que área se quer actuar. E deixa um conselho: “As pessoas precisam começar a preocupar-se com o auto-emprego”. 

“Há grandes empresas a despedir e o número de contratados é cada vez menor, pelo que é uma aposta que tem de se fazer. E hoje, com falta de dinheiro, tem de se aproveitar estas oportunidades de crédito", sustenta. 

Com possibilidade de recorrer a um empréstimo que pode variar entre os mil e os 15 mil euros, o empresário reconhece que não é difícil cumprir com o contrato do microcrédito. 

“As condições não são das piores. Ao nível do mercado, as prestações não estão más”, afirma.

fonte:http://rr.sapo.pt/in



publicado por adm às 15:30
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar
 
.posts recentes

. Crédito com incidentes ba...

. Bancos encolhem "spreads"...

. Banco de Portugal define ...

. Crédito ao consumo cresce...

. Malparado das famílias e ...

. Cofidis expande negócio d...

. Crédito ao consumo atinge...

. Saiba qual o crédito cert...

. Cinco conselhos para enco...

. Concessão de crédito ao c...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

.links
.subscrever feeds
.tags

. 10 dicas

. 7 regras de ouro do crédito

. acesso a crédito mais baixo

. açores

. actualidade

. agricultores

. agricultura

. alunos

. amortizar créditos

. amortizar empréstimos

. atualidade

. bancos

. bcp

. caixa geral de depósitos

. carência

. cartão de crédito

. cartões

. cartões de crédito

. cgd

. cheques

. cofidis

. comissão

. comissões

. como obter microcrédito?

. credito

. crédito

. crédito a 90 anos

. crédito ao consumo

. crédito automóvel

. crédito bonificado

. crédito com incidentes bancários

. crédito especializado

. crédito habitação

. credito habitação

. credito mal parado

. crédito malparado

. crédito para comprar material escolar

. crédito para empresas

. crédito pessoal

. créditos para estudar

. créditos pessoais

. crise

. ctt

. curiosidades

. deco

. dicas

. diferimento de capital

. dinheiro

. empréstimo

. empréstimos

. espanha

. europa

. férias

. ferias

. fiadores

. financiamento automovel

. juntar os seus créditos

. juros

. leaseplan

. leasing

. linhas de financiamento ao dispor das em

. mediação do crédito

. mediador do crédito

. microcrédito

. noticias

. novas regras para renegociar créditos

. portugal

. prestação

. prestações do crédito à habitação

. renegociação dos créditos

. seguros

. sobreendividamento

. spreads

. taegs

. taxa de juros

. taxas euribor

. vida

. visa

. todas as tags