Domingo, 17 de Novembro de 2013
Como poupar 50% com um crédito pessoal

A maioria das instituições tende a aproximar a taxa que efectivamente pratica do intervalo máximo anunciado. No último trimestre, a taxa média praticada no crédito pessoal foi de 14,5%.

Primeira regra: só pedir um crédito pessoal se necessitar realmente dele. A maioria das taxas de mercado atingem os dois dígitos, com a taxa máxima a passar os 16%, na Cetelem. Significa isto que, num crédito de 5.000 euros terá pago 150% desse valor ao final de cinco anos, ou seja, quase 7.500 euros. Mas existem opções mais baratas: o ActivoBank cobra 11% para lhe emprestar os mesmos 5.000 euros, o que se traduz numa poupança superior a 800 euros no final do prazo.

O Diário Económico reuniu as taxas fixas mínimas e máximas praticadas por 19 instituições financeiras para crédito ao consumo e ordenou-as pelo pior cenário possível, ou seja, o de taxas máximas. Apesar de algumas instituições apresentarem taxas mínimas em torno dos 8% ou 9%, a taxa média praticada em Portugal no último trimestre para este tipo de créditos sugere que a generalidade das instituições tende a aproximar a taxa efectiva da taxa máxima. O Banco de Portugal fixou o limite de juros no crédito pessoal sem finalidade específica em 18,1% para o quarto trimestre, o que significa que a taxa média praticada entre Julho e Setembro foi de 14,5% (o limite é encontrado pela média do mercado no trimestre anterior acrescida de um quarto).

No entanto, pode avaliar a sua situação e perceber se tenderá a aproximar-se de valores mais baixos: será o caso de quem não tem outros créditos, além da habitação possivelmente; de alguém cuja taxa de esforço (que combina o valor da prestação com o seu rendimento disponível) não ultrapasse os 10% a 15%; ou de quem tenha fiadores ou algum tipo de garantias. O envolvimento comercial com o banco, através de uma conta, cartão, seguros ou depósito, também poderá beneficiá-lo na taxa de juro.

Significa isto que a melhor opção será sempre recorrer aos seu banco na altura de obter um crédito pessoal? O intervalo de taxas praticadas pelos bancos diz-lhe que não. Existem bancos cuja taxa mínima é mesmo superior à taxa de juro máxima praticada por outras instituições. Por exemplo, a taxa mínima no banco Best (12%) ou no Barclays (12,5%), é superior à máxima no ActivoBank (11%) ou na CGD (11,6%), enquanto o mínimo cobrado no BiC (14,5%) é superior ao intervalo máximo de quase todas as outras instituições.

(artigo publicado no suplemento Finanças Pessoais na edição de 8 de Novembro do Diário Económico)




publicado por adm às 22:51
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar
 
.posts recentes

. Crédito com incidentes ba...

. Bancos encolhem "spreads"...

. Banco de Portugal define ...

. Crédito ao consumo cresce...

. Malparado das famílias e ...

. Cofidis expande negócio d...

. Crédito ao consumo atinge...

. Saiba qual o crédito cert...

. Cinco conselhos para enco...

. Concessão de crédito ao c...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

.links
.subscrever feeds
.tags

. 10 dicas

. 7 regras de ouro do crédito

. acesso a crédito mais baixo

. açores

. actualidade

. agricultores

. agricultura

. alunos

. amortizar créditos

. amortizar empréstimos

. atualidade

. bancos

. bcp

. caixa geral de depósitos

. carência

. cartão de crédito

. cartões

. cartões de crédito

. cgd

. cheques

. cofidis

. comissão

. comissões

. como obter microcrédito?

. credito

. crédito

. crédito a 90 anos

. crédito ao consumo

. crédito automóvel

. crédito bonificado

. crédito com incidentes bancários

. crédito especializado

. crédito habitação

. credito habitação

. credito mal parado

. crédito malparado

. crédito para comprar material escolar

. crédito para empresas

. crédito pessoal

. créditos para estudar

. créditos pessoais

. crise

. ctt

. curiosidades

. deco

. dicas

. diferimento de capital

. dinheiro

. empréstimo

. empréstimos

. espanha

. europa

. férias

. ferias

. fiadores

. financiamento automovel

. juntar os seus créditos

. juros

. leaseplan

. leasing

. linhas de financiamento ao dispor das em

. mediação do crédito

. mediador do crédito

. microcrédito

. noticias

. novas regras para renegociar créditos

. portugal

. prestação

. prestações do crédito à habitação

. renegociação dos créditos

. seguros

. sobreendividamento

. spreads

. taegs

. taxa de juros

. taxas euribor

. vida

. visa

. todas as tags