Quinta-feira, 3 de Março de 2011
Apoios para o microcrédito

Está a pensar criar a sua própria empresa mas não sabe como se financiar? O Saldo Positivo responde-lhe a algumas questões relacionadas com os apoios existentes no âmbito do microcrédito.

 

O microcrédito pode ser a solução para ter o seu negócio

A melhor opção é entrar em contacto com a Associação Nacional de Direito ao Crédito (ANDC), já que é a entidade nacional que possibilita aos empreendedores começarem o seu negócio através de microcrédito. A ANDC ajuda na concretização das ideias e dos projectos dos candidatos a empresários.

Para as pessoas com acesso a crédito bancário limitado, a ANDC serve de intermediário entre o empreendedor e a instituição financeira com quem tem ligações ao nível da cooperação.

Existem alguns programas de apoio a empreendedorismo e à criação do próprio emprego. No entanto, em relação ao microcrédito existe apenas um específico, denominado Plano Nacional de Microcrédito.

Microinvest

 

Este plano visa apoiar os projectos de investimento que sejam viáveis e que criem e consolidem postos de trabalho de modo sustentável, através de uma linha de crédito chamada Microinvest. Esta linha de crédito está disponível em mais de dez instituições financeiras a operar em território nacional.

Este Plano Nacional de Microcrédito destina-se a pessoas com dificuldade no acesso ao crédito e ao mercado de trabalho e em risco de exclusão social, com o objectivo de apoiar negócios que permitam criar e consolidar postos de trabalho de modo sustentável.

Os projectos têm de obedecer a alguns critérios:

  • O valor do investimento tem de ser inferior a 20 mil euros;
  • O número de postos de trabalho criado tem de ser inferior a dez;
  • Os projectos precisam de ter uma validação prévia da Cooperativa António Sérgio para a Economia Social (CIRL)
  • Metade dos promotores tem de ser destinatário do Programa Nacional de Microcrédito;
  • Metade tem de criar o seu próprio posto de trabalho
  • Os promotores têm de possuir mais de 50% do capital social da empresa e dos direitos de voto.

Para ter estes apoios, o montante de investimento e de financiamento não pode ser superior a dez mil euros e deverá ser pago num prazo de sete anos, com dois anos de carência de capital e um ano de bonificação integral de juros, ou seja, o reembolso ocorre durante cinco anos com prestações constantes e mensais de capital. A taxa de juro resulta do cálculo da taxa Euribor a 30 dias mais um spread de 0,25 por cento. No entanto, esta taxa terá que estar necessariamente situada entre 1,5 e 3,5 por cento. Para o enquadramento legal, terá que consultar a Portaria nº 985/2009 .

Invest +

 

Existe ainda a linha de crédito Invest +, para investimentos um pouco acima do microcrédito. Este plano de crédito é um pouco mais generoso que o anterior, já que vai de investimentos entre os 20 mil e os 200 mil euros. O financiamento vai até cem mil euros, que pode crescer se houver um maior número de postos de trabalho a tempo inteiro, podendo atingir os 50 mil euros. A taxa de juro a cargo do beneficiário é igual ao anterior, tal como o reembolso e as prestações. O desembolso é feito em 30 por cento no momento da assinatura do contrato, sendo o restante pago em duas vezes, mediante a apresentação de documentos de despesa.

Para se candidatar a estes programas, deverá dirigir-se ao Centro de Emprego mais perto de si e solicitar a certificação da qualidade de destinatário, a efectuar mediante a declaração. Posto isto, o projecto mais as declarações devem ser apresentadas directamente pelo empresário às instituições bancárias que aderiram aos programas.

fonte:http://www.saldopositivo.cgd.pt/

 



publicado por adm às 22:37
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.pesquisar
 
.posts recentes

. Crédito com incidentes ba...

. Bancos encolhem "spreads"...

. Banco de Portugal define ...

. Crédito ao consumo cresce...

. Malparado das famílias e ...

. Cofidis expande negócio d...

. Crédito ao consumo atinge...

. Saiba qual o crédito cert...

. Cinco conselhos para enco...

. Concessão de crédito ao c...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

.links
.subscrever feeds
.tags

. 10 dicas

. 7 regras de ouro do crédito

. acesso a crédito mais baixo

. açores

. actualidade

. agricultores

. agricultura

. alunos

. amortizar créditos

. amortizar empréstimos

. atualidade

. bancos

. bcp

. caixa geral de depósitos

. carência

. cartão de crédito

. cartões

. cartões de crédito

. cgd

. cheques

. cofidis

. comissão

. comissões

. como obter microcrédito?

. credito

. crédito

. crédito a 90 anos

. crédito ao consumo

. crédito automóvel

. crédito bonificado

. crédito com incidentes bancários

. crédito especializado

. crédito habitação

. credito habitação

. credito mal parado

. crédito malparado

. crédito para comprar material escolar

. crédito para empresas

. crédito pessoal

. créditos para estudar

. créditos pessoais

. crise

. ctt

. curiosidades

. deco

. dicas

. diferimento de capital

. dinheiro

. empréstimo

. empréstimos

. espanha

. europa

. férias

. ferias

. fiadores

. financiamento automovel

. juntar os seus créditos

. juros

. leaseplan

. leasing

. linhas de financiamento ao dispor das em

. mediação do crédito

. mediador do crédito

. microcrédito

. noticias

. novas regras para renegociar créditos

. portugal

. prestação

. prestações do crédito à habitação

. renegociação dos créditos

. seguros

. sobreendividamento

. spreads

. taegs

. taxa de juros

. taxas euribor

. vida

. visa

. todas as tags