Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Créditos

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Créditos

18
Jul13

Crédito a empresas e particulares cai, malparado passa 17 mil milhões

adm

O crédito concedido a empresas e particulares continua a encolher. Em maio, os empréstimos a empresas baixaram pelo quarto mês consecutivo, e os feitos às famílias desceram pelo 15º mês. O malparado é que não dá sinais de descida.

Dados do Banco de Portugal publicados esta quinta-feira mostram que os bancos concederam 104.506 milhões de euros às empresas, menos 204 milhões que em abril. Já o crédito de cobrança duvidosa neste segmento voltou a aumentar, 390 milhões para 11.825 milhões de euros. Está a subir há cinco meses.

Do mesmo modo, o crédito total a particulares caiu 521 milhões em maio para 131.317 milhões de euros, ao passo que o malparado neste segmento aumentou 41 milhões para 5.179.

No seu conjunto, empresas e particulares não conseguem pagar à banca um total de 17.004 milhões de euros.

Numa análise por destino de financiamento, os bancos concederam menos 354 milhões para a compra de habitação, num total de 108.040 milhões de euros. É a 15ª descida consecutiva. Neste segmento, o malparado subiu 36 milhões para 2.322 milhões de euros.

Já o crédito ao consumo desceu 152 milhões para 12.630 milhões de euros, com o malparado a baixar aqui 10 milhões para 1.520.

No crédito para outros fins, foram emprestados 10.647 milhões de euros, menos 16 milhões que em abril, e o malparado atingiu 1.336 milhões, mais 14 que no mês anterior.

fonte:http://www.tvi24.iol.pt/e

09
Jul13

Malparado continua a subir e ultrapassa já os 17 mil milhões

adm

São já mais de 17 mil milhões de euros os montantes que os bancos têm inscritos na rubrica dos créditos de cobrança duvidosa, que atingiram, em maio, no máximo histórico, e corresponderam a cerca de 7,2% do total dos empréstimos concedidos. Os dados são do Banco de Portugal e referem-se ao mês de maio, quando os créditos às empresas e famílias ultrapassavam os 285 mil milhões de euros.

São as empresas as maiores responsáveis pelo malparado: 11,825 mil milhões de euros, que correspondem a cerca de 11,3% do total dos financiamentos concedidos. Já no caso das famílias, onde as cobranças duvidosas ascendem a 5,179 mil milhões de euros, é o crédito à habitação que tem maior peso nos empréstimos em atraso: são 2,322 mil milhões de euros.

Quanto às empresas, o malparado é liderado pela construção, com 4,286 mil milhões de euros, seguido das atividades imobiliárias, com 2,287 milhões, e do comércio com 1,774 mil milhões. Agravamento substancial do malparado teve o sector do alojamento, restauração e similares que, em dezembro último totalizava 430 milhões e agora já vai nos 537 milhões.

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/E

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D