Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Créditos

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Créditos

29
Mai14

Banco de Portugal propõe melhoria da qualidade de informação no crédito ao consumo

adm

O Banco de Portugal (BdP) colocou em consulta pública, até 30 de Junho, um projecto de aviso que pretende reforçar a informação prestada aos clientes com contratos de crédito ao consumo, como cartões de crédito, contas-correntes ou crédito automóvel.

A entidade supervisora do sistema bancário sustenta que o reforço da prestação de informação "assume, no actual contexto, uma importância fundamental, permitindo aos clientes bancários acompanhar a evolução dos contratos de crédito aos consumidores por si celebrados em moldes similares ao que já ocorre com produtos bancários como o crédito à habitação ou as contas de depósito".

Com esse propósito, o BdP quer obrigar os bancos a enviarem com uma periodicidade mínima mensal um extracto aos clientes com informações detalhadas sobre o produto. A prestação de informação pode ser feita com outra periodicidade, se o pagamento não for mensal, mas terá sempre de ser enviada pelo menos uma vez por ano.

Além disso, os bancos têm de prestar informação complementar aos clientes em caso de incumprimento ou de reembolso antecipado – total ou parcial – do contrato de crédito.

O mesmo documento adianta ainda que a prestação desta informação poderá ser feita em papel ou noutro suporte duradouro, a não ser que o cliente solicite de forma expressa que quer receber os extractos em papel.

O aviso "não se aplica aos contratos de crédito sob a forma de facilidade de descoberto nem às ultrapassagens de crédito, aos quais são já aplicáveis, no contexto daqueles diplomas legais, deveres específicos de informação", acrescenta o mesmo documento.

Com este aviso, o Banco de Portugal dá cumprimento ao n.º 4 do artigo 14.º do Decreto-Lei n.º 133/2009, de 2 de Junho, introduzido pelo Decreto-Lei n.º 42-A/2013, de 28 de Março.

O legislador atribuiu ao Banco de Portugal o dever de, através de aviso – que tem carácter obrigatório para as instituições financeiras –, concretizar a informação que, na vigência dos contratos de crédito aos consumidores, as instituições de crédito estão obrigadas a disponibilizar aos seus clientes, bem como a periodicidade e o suporte em que essa informação deve ser prestada.

 fonte:http://www.publico.pt/ec

13
Mai14

Crédito malparado das famílias aumenta para 5,2 mil milhões em março

adm

O crédito malparado concedido às famílias continuou a aumentar em março, tendo atingido os 5.194 milhões de euros, de acordo com os números do Banco de Portugal publicados esta terça-feira .

Quase metade (47%) do crédito de cobrança duvidosa concedido às famílias refere-se a crédito à habitação, havendo em março 2.438 milhões de euros em crédito malparado nesta rubrica, embora tenha caído face ao valor registado em fevereiro (2.446 milhões de euros).

Quanto ao crédito ao consumo, estavam concedidos 1.407 milhões de euros em créditos de cobrança duvidosa em março, valor ligeiramente mais baixo do que o registado em fevereiro (1.414 milhões de euros).

 

Já relativamente ao crédito de cobrança duvidosa concedido pelos bancos às empresas, em março, atingiu os 12.164 milhões de euros, no total, menos 88 milhões de euros do que no mês anterior, um comportamento que se registou nas duas principais áreas do crédito às empresas.

Na construção, o crédito malparado caiu dos 4.301 milhões de euros em fevereiro para os 4.236 milhões de euros em março e, no imobiliário, passou dos 2.505 milhões de euros em fevereiro para os 2.398 milhões de euros em março.

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/E

08
Mai14

CTT une-se à Cetelem para oferecer produtos de crédito pessoal

adm

Os CTT anunciaram hoje que assinaram um memorando de entendimento com o banco BNP Paribas Personal Finance, mais conhecido por Cetelem, com o objetivo de celebrar ainda este mês uma parceria para a área de crédito pessoal.

"Os CTT assinaram hoje um memorando de entendimento não vinculativo com o banco BNP Paribas Personal Finance, mais conhecido por Cetelem, com vista à celebração, até final de maio, de um acordo de parceria de médio longo prazo", referem os Correios de Portugal, num comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

"Os termos e condições ainda serão alvo de negociação entre as partes, tendo como a base a proposta recebida por parte desta entidade, estando a decorrer em paralelo todo o processo de preparação para que a oferta esteja disponível na rede de lojas CTT até ao verão", adiantam.

Este é mais um passo na consolidação dos serviços financeiros dos CTT.

O lucro dos CTT subiu 1,3% no primeiro trimestre deste ano, face a igual período do ano passado, para 18,1 milhões de euros, e os rendimentos operacionais avançaram 0,3% para 176,4 milhões de euros, "retirando a EAD [Empresa de Arquivo de Documentação] do comparativo de 2013, com crescimento dos rendimentos no Expresso e Encomendas e nos Serviços Financeiros de 3,8% e 19,9%, respetivamente", devido ao "forte crescimento no segmento B2C" ['business to consumer'], referem os CTT no comunicado enviado à CMVM.

fonte:Dinheiro Digital com Lusa

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D