Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Créditos

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Créditos

24
Jun14

CTT começa a intermediar crédito pessoal já este mês

adm

Os CTT fecharam uma parceria "exclusiva" de cinco anos com o a Cetelem e passam já este mês a intermediar crédito pessoal através da instituição de crédito do BNP Paribas.

Francisco de Lacerda classificou esta parceria como um "acordo muito significativo" para os CTT no sentido de alavancar as receitas dos serviços financeiros do operador postal, área de negócio que gerou no primeiro trimestre 16,2 milhões de receitas (+20%).

Com este acordo com a Cetelem, os CTT juntam a área de intermediação de crédito às de poupanças e seguros, transferências e pagamentos de serviços que constituem o portefólio de oferta dos Correios na área financeira.

O acordo arranca com a comercialização de crédito pessoal, seguindo-se no quarto trimestre o de cartões de crédito na rede de 623 lojas próprias dos CTT. Os produtos comercializados "já existem no portefólio de produtos da Cetelem, que passam agora a ser comercializados nas lojas dos CTT", disse Rodrigo Ascenção, CMSO do BNP Paribas.

O operador postal recebe uma comissão inicial, comissões de produção com base no montante de crédito colocados, e comissão sobre participação dos lucros, mas Francisco de Lacerda não revelou nem o valor das comissões acordadas, nem o impacto que esta nova área de negócio poderá vir a ter nos resultados.

O CEO dos CTT garante que a parceria exclusiva de 5 anos com a Cetelem também não terá qualquer impacto no Banco Postal. "O acordo anunciado não tem qualquer conflito de interesses com o Banco Postal", disse.

Francisco de Lacerda mantém para o quarto trimestre uma decisão do Conselho de Administração sobre o Banco Postal. Datas para o projeto avançar é "cedo para especular", já que "a decisão ainda não está tomada". Um projeto que poderá contar com BNP Paribas/Cetelem como parceiro? Francisco de Lacerda frisa que esta parceria com o banco é para a intermediação de produtos de crédito, não "devemos daí retirar novas perspectivas para o futuro".

 

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/e

05
Jun14

Taxas máximas no crédito ao consumo baixam no 3.º trimestre - BdP

adm

As taxas máximas aplicáveis aos contratos de crédito aos consumidores vão descer no terceiro trimestre na maioria dos casos face ao segundo trimestre, divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP).

Nos créditos pessoais com destino à educação, saúde, energias renováveis e locação financeira de equipamentos, os juros que podem ser cobrados nos contratos a celebrar no terceiro trimestre terão um teto máximo de 5,8% (face aos 5,7% do segundo trimestre).

Nos outros créditos pessoais (sem finalidade específica, lar, consolidado e outras finalidades), o limite máximo aplicável passa de 16,5% para 16,3%.

fonte:http://www.destak.pt/a

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D