Quinta-feira, 7 de Abril de 2011
«Os tempos do crédito fácil não vão regressar»

Empresas só terão melhorias no acesso ao crédito quando houver normalização do sistema financeiro

 

O presidente do Instituto de Apoio às PME (IAPMEI) disse esta quinta-feira que «os tempos do crédito fácil não vão regressar» e adiantou que as empresas só terão melhorias no acesso ao crédito quando houver uma normalização do sistema financeiro.

«É fundamental haver uma normalização das condições de refinanciamento da República Portuguesa para haver condições de normalização de refinanciamento da banca e para as empresas poderem ter acesso ao crédito em condições mais vantajosas», declarou Luís Filipe Costa, questionado sobre se a ajuda externa iria melhorar as condições das empresas, cita a Lusa.

Para Luís Filipe Costa, que falava à margem do 4º Congresso da Indústria da Madeira, Mobiliário e Afins, este «efeito de cascata» depende das taxas de juro e das notações de rating.

«Os downgradings [revisões em baixa dos ratings] têm de parar, seja para a República, para a banca ou para as empresas portuguesas e as taxas de juro têm de começar a baixar» para que haja condições de normalizar o sistema, considerou.

O responsável do IAPMEI - Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas alertou para o problema da baixa autonomia financeira das empresas e a excessiva dependência do crédito sublinhando que «os tempos do crédito fácil não vão regressar» e destacou que é necessário capitalizar as empresas, nomeadamente promovendo os aumentos de capital através dos incentivos fiscais, uma solução que não tem sido facilitada pelo ministério das Finanças.

«O ministério das Finanças tem de se preocupar mais em receber alguma coisa do que em ter taxas elevadas para não receber nada», comentou.

Luís Filipe Costa sublinhou que «o estigma do sector da madeira junto da banca pode e deve ser ultrapassado se as empresas fizerem o trabalho de casa» e salientou o trabalho que tem sido desenvolvido pelo IAPMEI a nível do acesso ao financiamento.

Desde Junho de 2008, foram criadas sete linhas de crédito PME Investe (em que o Estado partilha o risco comercial com a banca) ao abrigo das quais foram concedidos oito mil milhões de euros de que beneficiaram 54 mil empresas com 700 mil postos de trabalho.

No sector da madeira, foram financiadas 1.830 operações de crédito no valor de 234 mil euros que beneficiaram 1.203 empresas com 24 mil trabalhadores.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/



publicado por adm às 23:59
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.pesquisar
 
.posts recentes

. Crédito com incidentes ba...

. Bancos encolhem "spreads"...

. Banco de Portugal define ...

. Crédito ao consumo cresce...

. Malparado das famílias e ...

. Cofidis expande negócio d...

. Crédito ao consumo atinge...

. Saiba qual o crédito cert...

. Cinco conselhos para enco...

. Concessão de crédito ao c...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

.links
.subscrever feeds
.tags

. 10 dicas

. 7 regras de ouro do crédito

. acesso a crédito mais baixo

. açores

. actualidade

. agricultores

. agricultura

. alunos

. amortizar créditos

. amortizar empréstimos

. atualidade

. bancos

. bcp

. caixa geral de depósitos

. carência

. cartão de crédito

. cartões

. cartões de crédito

. cgd

. cheques

. cofidis

. comissão

. comissões

. como obter microcrédito?

. credito

. crédito

. crédito a 90 anos

. crédito ao consumo

. crédito automóvel

. crédito bonificado

. crédito com incidentes bancários

. crédito especializado

. crédito habitação

. credito habitação

. credito mal parado

. crédito malparado

. crédito para comprar material escolar

. crédito para empresas

. crédito pessoal

. créditos para estudar

. créditos pessoais

. crise

. ctt

. curiosidades

. deco

. dicas

. diferimento de capital

. dinheiro

. empréstimo

. empréstimos

. espanha

. europa

. férias

. ferias

. fiadores

. financiamento automovel

. juntar os seus créditos

. juros

. leaseplan

. leasing

. linhas de financiamento ao dispor das em

. mediação do crédito

. mediador do crédito

. microcrédito

. noticias

. novas regras para renegociar créditos

. portugal

. prestação

. prestações do crédito à habitação

. renegociação dos créditos

. seguros

. sobreendividamento

. spreads

. taegs

. taxa de juros

. taxas euribor

. vida

. visa

. todas as tags