Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Créditos

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Créditos

02
Nov11

Novos créditos "Spreads" em níveis elevados

adm
Se está a ponderar pedir um crédito à habitação, as condições actuais não são as mais favoráveis.
Os bancos portugueses continuam a aplicar "spreads" elevados, uma tendência que teve início com a crise financeira e que deverá manter-se, tendo em conta a necessidade dos bancos portugueses que continuam a enfrentar sérias dificuldades no acesso a liquidez. Estes problemas têm obrigado as instituições financeiras nacionais a serem mais restritivas na concessão de crédito, quer às famílias, quer às empresas. A estas questões acrescem os novos rácios de capital exigidos no âmbito do acordo com a troika, que obriga os bancos a aumentarem a desalavancagem, diminuindo o rácio de créditos sobre depósitos. Os dados revelados, na semana passada, pelo INE revelam que, desde Junho do ano passado, que a taxa de juro implícita nos contratos de crédito à habitação tem vindo a aumentar. No passado mês de Setembro, fixou-se nos 2,614%. 

Contudo, nos novos contratos, ou seja, nos contratos celebrados nos últimos três meses, já supera os 4%, situando-se nos 4,134%, o que reflecte o forte agravamento dos "spreads". Esta taxa mais do que duplicou face a Março de 2010. Nos contratos celebrados nos últimos seis meses, a taxa situa-se nos 3,82%, enquanto nos últimos 12 meses atingiu os 3,533%. Os elevados "spreads" associados ao crédito à habitação têm contribuídio para atravagem na procura de empréstimos por parte dos portugueses. Dados recentes do Banco de Portugaldemonstram que o volume mensal de empréstimos para a aquisição de habitação está abaixo de metade do registado no ano passado. Uma das alternativas pode passar pela pesquisa dos imóveis que constam dos balanços dos bancos, como consequência do incumprimento de alguns clientes. Habitualmente, nestas circunstâncias, os "spreads" aplicados pelas instituições têm sido inferiores, devido à urgência em retirar os referidos imóveis dos seus balanços. 


















O QUE É O "SPREAD"? 
O "spread" representa a parte dos juros cobrados pelas instituições financeiras num empréstimo. Esta taxa cobrada pelos bancos reflecte o perfil de risco do cliente, pelo que, quanto maior for o risco do cliente não pagar, mais elevado será o "spread". Esta taxa é, depois, somada ao indexante dos contratos que, regra geral, é uma Euribor. 

O QUE É A TAEG? 
A taxa anual efectiva global (TAEG) incorpora todos os custos associados a um empréstimo. Sempre que se é solicitado um crédito, as instituições financeiras são obrigadas a revelar esta taxa, que permite fazer a comparação entre as várias propostas apresentadas pelos bancos. Na TAEG são incluídos todos os custos que um cliente tem com o empréstimo, isto é, juros, impostos, comissões bancárias, despesas de avaliação, abertura de processo e seguros. 

O QUE É A EURIBOR? 
A taxa Euribor é uma taxa criada através da negociação de vários bancos europeus. É com base nos valores que as instituições financeiras cobram entre si, que é definida a Euribor. Para além de ser uma taxa interbancária, é também o indexante mais utilizado no crédito à habitação em Portugal. É a média mensal da Euribor que é usada para o cálculo da taxa de juro cobrada pelos bancos nos empréstimos. A esta média são, depois, somados o "spread" e os restantes encargos, como é o caso das comissões.
fonte:http://www.jornaldenegocios.pt/h

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D