Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Créditos

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Créditos

20
Mar12

As comissões cobradas no crédito

adm

A variável que mais pesa na escolha do crédito é a taxa de juro, conhecida como taxa anual nominal (TAN). Esta deveria refletir o custo do empréstimo para o consumidor. Mas a multiplicidade de comissões exigidas pelas instituições de crédito no início e ao longo do contrato contribui de forma decisiva para o encarecimento do empréstimo.

Não é de estranhar, por isso, que as instituições sejam obrigadas a divulgar a taxa anual efetiva (TAE), no crédito hipotecário, e a taxa anual de encargos efetiva global (TAEG), no crédito ao consumo. Além dos juros, estes indicadores contabilizam outras despesas, como as comissões e os seguros, traduzindo o custo real do empréstimo.

A cada cabeça sua sentença

A DINHEIRO & DIREITOS voltou a analisar os principais encargos associados ao crédito ao consumo e concluiu que existe uma multiplicidade de designações para comissões com a mesma natureza. A comissão de processo, por exemplo, tanto pode chamar-se estudo e montagem, como abertura, dossiê, contratação, formalização, etc. Independentemente do nome, estas comissões são pagas à cabeça e referem-se à criação de um novo processo.

Assim, não faz sentido que os bancos lhes atribuam diferentes títulos: além da confusão, dificulta a comparação pelo consumidor. Outro problema é a existência de mais do que uma comissão associada ao processo de crédito. Alguns bancos, como a Caixa Geral de Depósitos, o Santander Totta, o Barclays e o Banco Popular, cobram uma comissão de formalização além da de dossiê. "É apenas mais uma forma de dissimular um encargo que o consumidor tem de pagar para concretizar a operação de crédito, o que não abona muito a favor da transparência", critica João Fernandes, responsável pelo estudo. O Banco Espírito Santo e o ActivoBank são os únicos que não pedem qualquer comissão de entrada no crédito pessoal. O Santander Totta, pelo contrário, é o mais exigente: cobra 191 euros para um empréstimo de 5 mil euros.

Modesta contribuição mensal

Além das comissões iniciais, 6 bancos exigem comissões periódicas, que acompanham o pagamento da prestação: Caixa Geral de Depósitos, Millennium bcp, Santander Totta, Banco Popular, Crédito Agrícola e Activo-Bank. A maior parte designa-a como comissão de processamento da prestação, mas também há quem lhe chame comissão de gestão.

Tratando-se de um procedimento informático sem custos acrescidos para o banco, o valor desta comissão é desajustado do ato em si (atinge € 1,72 no Banco Popular). Esta despesa só constitui um encargo para a instituição se houver necessidade de enviar uma comunicação escrita ao consumidor. Como tal, deveria ser-lhe dada a possibilidade de escolher uma via alternativa para aceder ao extrato bancário (e-mail, por exemplo), sem custos acrescidos.

Por outro lado, o custo de envelopagem e envio de um aviso de pagamento de prestação é bastante inferior a € 1,50, valor médio cobrado.

O texto é da responsabilidade da DECO/Proteste, numa parceria com o Dinheiro Vivo.

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/G

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D