Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Créditos

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Créditos

09
Jul10

Quem têm mais dificuldades em pagar o crédito à habitação são os ricos

adm

Cerca de 23% dos proprietários americanos com empréstimos superiores a um milhão de dólares não os conseguem pagar.

 

Há quem diga que a recente crise mundial afectou mais os ricos que os pobres. Que os mais pobres já estavam habituados a viver com pouco e que os mais abastados é que tiveram de abdicar de alguns bens. 

Isso mesmo parece ser provado com dados da CoreLogic compilados pelo “The New York Times”, onde é referido que a taxa de incumprimento de pagamento de créditos à habitação é superior nas classes sociais mais altas. 

Se para os créditos com mais de um milhão de dólares, cerca de 789 mil euros, a taxa de incumprimento é de 23%, a taxa de proprietários que não respeitou a dívida que pediu à banca para as habitações mais baratas é de, aproximadamente, 10%. 

Uma agente de habitações de luxo em Las Vegas, Ken Lowman, disse à publicação americana que quatro em 11 vendas que efectuou em Junho foram de proprietários em dificuldades financeiras. 

“Eles [os mais riscos] fazem os seus planos com base no melhor de todos os cenários possíveis: de que os salários estarão continuamente a crescer, de que o sector dos bens imóveis nunca irá cair”, defende a agente, acrescentando que “nem todos têm um plano B”. 

O “The New York Times” refere a comunidade luxuosa de classe alta de Los Altos, no Estado de Califórnia, onde cinco habitações estão sinalizadas para leilão e quatro delas tinham uma dívida no crédito à habitação superior a um milhão de dólares, sendo que algumas destas casas ainda estão ocupadas pelos proprietários. 

Segundo a mesma fonte, os prestadores de créditos estão receosos que parte dos 11 milhões de proprietários de mais de uma habitação possam deixá-las, especialmente se o mercado dos bens imóveis voltar a enfraquecer. 

Este incumprimento no crédito à habitação começou na classe trabalhadora e tinha-se já instalado na classe média dos subúrbios norte-americanos. Agora começa a revelar-se em zonas habitadas pela classe alta. No entanto, é de frisar que a grande maioria de proprietários nestas comunidades abastadas ainda paga o crédito.

fonte:www.jornaldenegocios.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D