Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Créditos

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Créditos

19
Set12

Banca: crédito ao consumo cai 17%

adm

O crédito especializado concedido pelas associadas da Associação de Instituições de Crédito Especializado (ASFAC) caiu 17,1 por cento no segundo trimestre, face ao mesmo período de 2011, somando 950 milhões de euros.

Em comunicado, a associação que representa 31 entidades especializadas no financiamento ao consumo nota que, ainda assim, houve uma subida de 3,9 por cento no crédito concedido face aos primeiros três meses do ano, «originada pelo aumento do crédito stock», que mitigou as quebras do crédito clássico e do crédito revolving [crédito permanente ou renovável]».

Analisando os dados do primeiro semestre, a diminuição da concessão de crédito subiu para 22,5 por cento em termos homólogos, cifrando-se nos 1.866 milhões de euros.

Entre abril e junho deste ano, e face ao mesmo trimestre de 2011, o crédito clássico concedido a particulares - que representa 91,8 por cento do total do crédito clássico - caiu 31 por cento (descida de 33,4 por cento considerando o 1.º semestre).

Já o crédito revolving manteve no 2.º trimestre os mesmos valores de 2011 e recuou dois por cento face ao 1.º semestre.

O crédito clássico concedido a empresas também desceu (48,8 por cento no 2.º trimestre e 46,1 por cento no semestre), assim como o crédito revolving - que representa 48,9 por cento do total de crédito concedido - que diminuiu 9,6 por cento no 2.º trimestre e 19 por cento no 1.º semestre.

De acordo com a ASFAC, a aquisição de meios de transporte continuou a liderar o destino dos montantes concedidos no crédito clássico, com 68 por cento e 199 milhões de euros (410 milhões no primeiro semestre).

Seguiu-se a aquisição de artigos para o lar, com 18 por cento, e o crédito pessoal, com 11,6 por cento.

«A evolução de todos os produtos financiados foi negativa tanto no segundo trimestre como no primeiro semestre», nota a associação.

No que respeita ao número de contratos de crédito clássico, foram celebrados de abril a junho um total de 84.051 contratos, dos quais 97,9 por cento com particulares, tendo o valor médio atribuído por cada contrato sido de 3.485 euros, menos 15 por cento do que em 2011.

«Estes valores refletem a atual conjuntura económica e financeira que o país está a viver. A quebra dos rendimentos leva a uma retração do consumo que, naturalmente, origina um menor recurso ao crédito», considera o presidente da ASFAC, António Menezes Rodrigues.

Segundo dados da EUROFINAS avançados pela associação, também o mercado de crédito ao consumo a nível europeu tem sofrido quebras, com o financiamento do consumo e da compra de automóvel a recuarem 3,7 e 3,4 por cento, respetivamente, no 1.º trimestre. 

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/f

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D