Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Créditos

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Créditos

21
Set12

Menos crédito com malparado em valor recorde

adm

Os bancos estão a conceder cada vez menos empréstimos tanto a famílias como empresas, mas mesmo assim o incumprimento é cada vez maior, batendo novos recordes, revela o boletim estatístico do Banco de Portugal.

Nas empresas a situação é cada vez mais crítica: se, por um lado, o crédito baixou 731 milhões de euros em julho, para 109.364 milhões, por outro o malparado subiu 595 milhões em relação a junho, para o valor nunca antes visto de 10.134 milhões de euros.

Às famílias também foram concedidos menos empréstimos (caíram 512 milhões de euros para 136.551 milhões de euros). Só no caso do crédito para outros fins é que houve um aumento em julho, face a junho, ainda que muito ligeiro, de 37 milhões de euros. 

Já os empréstimos para compra de casa recuaram 412 milhões de euros para 111.368 milhões e os bancos deram menos 137 milhões de euros de financiamento ao consumo, para 13.861 milhões.

malparado aumentou nos três casos: no crédito à habitação subiu 50 milhões de junho para julho, para um total de 2.173 milhões de crédito de cobrança duvidosa.

Contas feitas, no total, entre as famílias, o malparado também alcançou um novo recorde, de 4.942 milhões de euros, depois de ter estado alguns meses a recuar. 

Ao mesmo tempo que os bancos reduzem o crédito concedido, aumenta o valor dos empréstimos por pagar. Estas duas tendências significam que o peso do malparado é cada vez maior. 

Com o clima de austeridade agravada, particulares e empresas estão a deixar de conseguir fazer face aos seus compromissos com a banca. 

O Banco de Portugal divulgou também que o défice da balança corrente caiu 76% até julho.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D