Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Créditos

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Créditos

17
Jan16

Crédito ao consumo cresce 33% em um ano

adm

O recurso ao crédito ao consumo não pára de aumentar. Dados divulgados hoje pelo Banco de Portugal mostram que em Novembro, foram concedidos um total de 493,3 milhões de euros em crédito aos consumidores. Trata-se do valor mensal mais elevado pelo menos desde o início de 2013, período a que remonta o histórico dos dados divulgados pela entidade liderada por Carlos Costa. Este montante representa ainda um crescimento de 4% face aos 474,5 milhões de euros disponibilizados no mês precedente. Em termos homólogos, o saldo é de um crescimento de 32,7% no total do crédito concedido com essa finalidade.

A categoria de outros créditos pessoais, onde se inserem aqueles que não têm uma finalidade específica, para o lar consolidado e outras finalidades foi o destino da maior parte do montante concedido em Novembro. Nesse mês, os bancos e as instituições de crédito especializado emprestaram um total de 204,9 milhões de euros com esta finalidade. Contudo, foi o crédito automóvel que mais pesou no crescimento homólogo do crédito aos consumidores registado no penúltimo mês do ano passado. Para esta finalidade , os bancos concederam um total de 166,2 milhões de euros em empréstimos para a aquisição de automóveis, em Novembro. Mais 40,1% do que o montante de Novembro de 2014. Os cartões de crédito, linhas de crédito, contas correntes bancárias e facilidades de descoberto também pesaram no crescimento da concessão. No último mês de Novembro, foram concedidos 118,2 milhões de euros em empréstimos com essa finalidade. Mais 49,9% do que em igual mês de 2014.

De salientar que os últimos meses do ano são habitualmente marcados por um acréscimo do consumo devido ao período do Natal, facto que poderá ajudar a explicar o crescimento da concessão de crédito em Novembro, sobretudo tendo em conta que a economia começa a dar maiores sinais de recuperação e os portugueses também se mostram mais disponíveis para consumir.

Os valores registados em Novembro permitem ainda elevar para 4,56 mil milhões de euros o total de crédito aos consumidores concedido nos primeiros 11 meses do ano, um montante superior em 22% ao verificado no mesmo período de 2014.

 

fonte:http://economico.sapo.pt/

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D