Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Créditos

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Blog destinado a partilhar tudo o que se passa no mundo dos créditos. Os melhores créditos, a melhores taxas de juro, noticias e novidades sobre os créditos.

Créditos

15
Nov12

Caixa passou a liderar crédito às Micro e pequenas empresas

adm

A CGD passou do 4º lugar no ranking da Linha PME Crescimento para Micro e Pequenas Empresas para primeiro lugar, quer em montante, quer em número de operações.

A Caixa Geral de Depósitos atingiu em Outubro o primeiro lugar na quota de mercado do crédito a micro e pequenas empresas no âmbito da linha destinada a este segmento que está inserida no Programa PME Crescimento. O Diário Económico contactou Nuno Fernandes Thomaz, administrador da Caixa com este pelouro, que realçou a importância do crédito a micro e pequenas empresas: "este segmento é muito importante para o país porque permite dinamizar novos negócios".

Nuno Fernandes Thomaz disse ainda que a CGD está empenhada em transformar-se num banco também líder no segmento de empresas: "faz parte do mandato desta administração, na qual me insiro, pôr a CGD a ser líder também (uma vez que é líder destacada já no mercado de particulares) no crédito a empresas. Esta evolução da quota de mercado da Caixa é o resultado do trabalho de toda a equipa".

A CGD é líder de mercado na linha criada pelo IAPMEI para o segmento de empresas que facturam até 3,5 milhões de euros, tendo concedido crédito no montante global de 53,6 milhões de euros em 1.715 operações, o que representa uma quota de 15,8% do mercado. Estes créditos a empresas são concedidos pela rede de retalho (balcões) da CGD, uma vez que para as outras PME a Caixa tem o "Gabinete de Empresas".

Em segundo lugar no ranking desta linha de 500 milhões de euros surge o espanhol Banco Popular com uma quota de 15,3% do mercado; o BPI com 14,8%; o Santander Totta com 12,4%; o Barclays com 11,3%; o Montepio com 7,3% e o BES com uma quota acima dos 6%.

A Linha PME Crescimento, resultante do Protocolo celebrado em Janeiro de 2012 entre os bancos, a PME Investimentos (Entidade Gestora da Linha), o IAPMEI, as Sociedades de Garantia Mútua (Norgarante, Garval, Lisgarante e Agrogarante) disponibiliza às empresas, especialmente PME e exportadoras, acesso a crédito bancário em condições favoráveis.

Tem uma dotação global de 2.500 milhões de euros, detendo duas Linhas específicas: a Linha Específica "Micro e Pequenas Empresas" com uma dotação de 500 milhões de euros; e a Linha Específica "Geral" com uma dotação de 2.000 milhões de euros. Na Linha Específica "Geral" foi criada uma "Dotação Geral" no valor de 1.150 milhões de euros e uma "Dotação Específica Empresas Exportadoras" no valor de 850 milhões de euros.

 

fonte:http://economico.sapo.pt/

15
Jun12

Caixa prevê reduzir crédito a particulares

adm

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) prevê reduzir o crédito concedido aos particulares mas aumentar o crédito às empresas, disse esta sexta-feira o presidente do banco público, José de Matos.

«Prevemos uma redução do crédito a particulares, dado a situação de partida, particularmente no crédito à habitação», onde o mercado português já está próximo da saturação, disse Matos durante uma audiência na comissão parlamentar de Economia. «Há uma redução drástica, brutal, da procura de crédito pelos particulares, que já esperávamos».

Pelo contrário, o objetivo da Caixa é «o crescimento do crédito a empresas não financeiras», afirmou o presidente executivo da CGD, citado pela Lusa.

José de Matos notou ainda que a CGD «sustentou financeiramente empresas públicas portuguesas que viram bancos estrangeiros desaparecer de um momento para o outro» devido à crise da dívida soberana.

«A Caixa e outros bancos, não a CGD em regime especial ou exclusivo, contribuíram para suportar o setor empresarial do Estado», acrescentou José de Matos.

O presidente da CGD manifestou também o seu desejo de «reduzir a dependência do financiamento do banco central».

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D